Atendimento 24h | (31) 3213-4001

COROA DE FLORES

Você sabia que o custo médio de um velório no Brasil, hoje, varia entre R$ 4 mil e R$ 35 mil?

Para a maioria de nós, esse valor pode comprometer nosso orçamento quando pegos de surpresa.

Então, será realmente necessário gastar um valor tão alto para ter uma bela despedida?

Na verdade, não … e vamos te mostrar como.

A seguir, estão algumas dicas importantes em um checklist completo para você economizar nos custos de um velório. 

Acompanhe! 

Quanto custa um velório?

Assim como em outros serviços, os custos de um velório também variam bastante dependendo da cidade, do sepultamento e das homenagens que serão feitas. De qualquer forma existem alguns pontos que são comuns a maioria dos funerais, como:

  • Aluguel da sala de velório;
  • Translado do corpo (até o velório e depois dentro do cemitério);
  • Preparo do corpo;
  • Urna funerária;
  • Ornamentação da sala de velório;
  • Sepultamento ou cremação (valor do jazigo e taxas do cemitério);
  • Taxa de manutenção do cemitério (que é vitalícia, enquanto o jazigo permanecer sob os cuidados da sua família).

E, claro, tudo isso pode exigir um investimento grande. Fora a parte burocrática, como emissão de documentos, testamento, inventário, formal de partilha, entre outros.

Para se ter uma ideia desses custos, de acordo com um levantamento do site Mercado Mineiro feito em 2020, quem optar pelo serviço de menor preço gastará em torno de R$ 2.415,90. Em contrapartida, o serviço de maior preço custa em torno de  R$ 68 mil. 

1 – Tenha um Plano Funerário 

Já adiantamos! A melhor maneira de economizar com o serviço funerário é com planejamento e antecipação. Ter um plano funerário é a melhor forma de estar seguro quanto à imprevisibilidade de um falecimento, economizando por não ter que pagar pelo serviço em cima da hora. 

Dessa maneira, é possível garantir tranquilidade para você e seus familiares, sem a chance de ser pego desprevenido e sem recurso para arcar com os custos do serviço funerário.

2 – Urna

Por ser um item tão indispensável, é normal que existam inúmeros tipos de urnas funerárias que podem se diferenciar entre as dedicadas aos restos da cremação e ao sepultamento. Além dos modelos tradicionais, hoje já é possível encontrar diversas soluções, desde as mais simples às mais inovadoras. Por isso, os preços podem variar.

Neste caso, se você não pode investir muito, a nossa dica é escolher os modelos tradicionais e mais simples. Mas atenção, tenha cuidado ao escolher e opte por materiais de qualidade.   

3 – Ornamentação 

As opções para ornamentação variam de acordo com a espécie de flores que, geralmente, são naturais. Dessa forma, os valores podem variar de acordo com a funerária. 

4 – Coroa

Assim como a ornamentação, os valores de coroas variam conforme a espécie das flores e o tamanho. É comum que as empresas de serviços funerários ofereçam opções que podem ser mais acessíveis, até as mais requintadas.  

5 – Véu

O tipo de véu também é outro ítem que pode variar os valores. Existem opções requintadas que os preços são obviamente bem maiores, se comparados às opções mais simples. Então, é possível economizar bastante neste item.

6 – Transporte remoção 

O traslado de corpos consiste na remoção de uma pessoa falecida de uma localidade para outra. Sendo assim, ele pode ser intermunicipal, interestadual ou internacional.

A necessidade desse transporte pode ocorrer em razão da mudança de um cemitério para outro em uma mesma região, de uma cidade para outra, entre países e até na troca de jazigos dentro de um mesmo cemitério.

Todavia, é importante destacar que cada local possui a sua legislação e que o processo exige a apresentação de algumas documentações, além do cumprimento de regulamentações específicas.

No que se refere ao valor a ser gasto, dependerá da distância. Quem tem plano funerário, a assistência garante também o translado. 

7 – Tratamento do corpo

Na maioria das funerárias, ao adquirir um caixão, o familiar garante também alguns serviços simples de preparação do corpo, como a colocação da roupa que a família escolher, por exemplo. 

A tanatopraxia é uma técnica para conservar o corpo falecido e devolver uma boa fisionomia para ele, indispensável para o momento do velório.

A técnica prepara o corpo para o velório garantindo que não haja decomposições naturais durante a cerimônia. Assim, evita odores, derramamento de líquidos sendo possível estender o período do velório e até realizar o traslado intermunicipal ou interestadual do corpo. Além disso, também desinfeta o corpo para evitar o contágio de doenças. 

9 – Local de sepultamento

A família também precisará providenciar o aluguel da sala de velório e fazer os preparativos para o sepultamento. Se vocês já tiverem um jazigo familiar em um cemitério particular, normalmente terão de pagar apenas as taxas referentes ao sepultamento (como traslado do corpo dentro do cemitério, enterro e lápide).

Entre em contato e saiba mais

Mande mensagem através do WhatsApp, pelo telefone (31) 98494-8564 ou mande uma mensagem aqui mesmo no site. Estamos prontos para melhor atender você e tirar suas dúvidas!

Somos a melhor opção para você oferecer uma despedida honrosa para quem partiu. Possuímos ótima infraestrutura com o menor preço da região, conforto e garantia de segurança.

Possuímos planos de pagamento acessíveis, sempre incentivamos as pessoas a se planejarem para o momento da despedida que, afinal, é inevitável, mas pode ocorrer de maneira mais leve para os familiares.

Com planejamento, é possível facilitar a burocracia, passando com mais calma pelo momento do luto, assim como diminuir o valor das despesas e ainda respeitar os desejos de quem se foi.