Atendimento 24h | (31) 3213-4001

COROA DE FLORES

Você está juntando dinheiro? Tem algum objetivo ou algo que queira conquistar? Qual é o planejamento para realizar esse sonho? 

 

Quando falamos em planejamento financeiro, as pessoas relacionam automaticamente a algo muito bom e que fará alguém feliz. Mas, nem sempre. O dinheiro deve ser pensado e guardado até nas horas difíceis como, por exemplo, na morte. 

 

Sabemos que falar sobre isso pode causar incômodo e até medo para muita gente.

Apesar de ainda ser um tabu para muitas pessoas, o plano funerário te dá a garantia de uma despedida tranquila e sem surpresas financeiras para sua família. 

 

Dito isso, neste artigo vamos explicar porque a assistência funerária é tão importante e como ela pode evitar dores de cabeça e gastos desnecessários. Confira!  

 

O que é plano funerário?

 

O plano funerário, assim como qualquer outro serviço pré-pago, é um investimento seguro e certeiro. Logo, quanto mais planejado, mais barato custa. 

 

Ao contratar esse tipo de serviço, você paga uma pequena mensalidade e, em troca, a empresa contratada cuida de tudo que for necessário para que o momento de despedida seja o mais tranquilo possível. 

 

Alguns dos serviços oferecidos pelos planos funerários são:

 

  • Traslado do corpo;
  • Urna ou caixão;
  • Ornamentação;
  • Opção de cremação;
  • Taxas municipais;
  • Tratamento do corpo (Tanatopraxia);
  • Entre outros.

 

Além dos serviços que mencionamos acima, que são padrão, alguns planos e modalidades, a depender da empresa, podem oferecer outras vantagens para garantir um maior conforto a seus segurados. Inclusive benefícios em vida. 

 

Entre os exemplos, estão:

 

 

A Funerária Santa Casa BH, por exemplo, tem uma parceria exclusiva com a Clínica São Lucas Para todos. Assim, clientes do plano funerário têm descontos para consultas pré-cirúrgicas. Clique aqui e saiba mais. 

 

Plano funerário ou auxílio funerário: tem diferença?

 

Como dissemos no tópico anterior, o plano funerário oferece um serviço preventivo, que antevê o amparo para as principais providências e gastos que envolvem o falecimento de um familiar.  

 

Nesse sentido, basta uma ligação para a seguradora  para que todo o processo  do sepultamento seja feito pela empresa, sem ter que pagar nada a mais por isso. Desde a preparação do corpo, o jazigo, a urna ou caixão, as flores, o véu, as taxas municipais e o carro fúnebre.  Tudo isso está incluído pela seguradora. 

Já no auxílio funeral, é você quem corre atrás de todas essas burocracias, faz o pagamento e depois solicita o reembolso à empresa seguradora. 

 

Carência do plano funerário: como funciona?

 

Assim como em qualquer outro seguro, o plano funerário demanda um tempo de carência após a assinatura do contrato. 

 

Geralmente essa carência é de três meses, mas  pode variar de acordo com a empresa contratada.

 

Para casos onde os filhos naturais ou adotivos nascem com vida e morrem em seguida, pode-se utilizar o plano e aproveitar a carência dos pais. Desse modo, o serviço pode ser acionado imediatamente. 

 

Vale a pena contratar um plano funerário?

 

Sabe quando o gás acaba ou a geladeira para de funcionar? Esses são alguns exemplos de imprevistos, a diferença é que sem grandes impactos financeiros. Mas, às vezes pode ser a morte. E é neste momento que as pessoas esquecem que se gasta muito dinheiro

 

Ninguém quer pensar na morte porque esse é um momento difícil, principalmente para quem fica. Por isso, é importante estarmos preparados. 

 

Enterro é caro. É algo que não dá para adiar, tem que ser feito rápido e nem todos param para pensar nisso. Mas existem opções para a gente não ter essa dor de cabeça, como é o caso do plano funerário. 

 

Ao contratar um plano você tem:

 

  • Maior economia;
  • Serviço especializado e completo;
  • Praticidade nos trâmites funerários;
  • Suporte e segurança para toda a família;
  • Oportunidade de decidir os detalhes do funeral.

 

Assim como um plano de saúde, ter um plano funerário faz a diferença na hora que você precisa, evitando dores de cabeça, burocracia, custos elevados e garantindo o amparo às pessoas que você ama. 

 

Conclusão

 

A melhor maneira de economizar com o serviço funerário é com planejamento e antecipação. Ter um plano funerário te assegura  quanto à imprevisibilidade de um falecimento, economizando por não ter que pagar pelo serviço em cima da hora. 

 

Dessa maneira, é possível garantir tranquilidade para você e seus familiares, sem a chance de ser pego desprevenido e sem recurso para arcar com os custos do serviço funerário.

 

Por esse motivo, é importante escolher bem, tanto a empresa quanto o plano a ser contratado, para que os serviços atendam às suas necessidades.

 

Para te auxiliar nessa decisão, disponibilizamos um e-book gratuito com dicas essenciais para escolher o plano funerário ideal para você. São só 5 minutinhos de leitura.